Publicado há 12 meses

Cardápio semanal: como planejar as refeições da semana

COMPARTILHE

Respeitar um cronograma, principalmente na cozinha, é algo bastante positivo para a nossa saúde. Principalmente, ter um cardápio semanal e saber como planejar as refeições da semana.

Um bom planejamento é essencial para que possamos variar os ingredientes das refeições que serão consumidos ao longo da semana. 

Também, essa organização traz como grande benefício uma lista de compras objetiva, evitando assim o desperdício ou que tenhamos em falta de ingredientes.

No entanto, muita gente reclama que não consegue ter uma alimentação adequada por dois fatores muito importantes: falta de tempo e de ideias para poder preparar seu próprio cardápio de refeições.

Desse modo, acabam se alimentando fora de casa ou, quando comem em casa, cozinham o que é mais prático e rápido, investindo pouco tempo para isso.

Se você se enquadra nesse panorama deve estar se perguntando: mas como posso me organizar para isso?

A resposta é bem mais simples do que muitos imaginam: é preciso somente montar um cardápio semanal, planejando assim as suas refeições com bastante antecedência e ter foco!

O Supermercado Justo pode te ajudar, já que a plataforma te oferece a possibilidade de programar as suas compras de forma rápida, eficiente e com alta qualidade.

Cardápio semanal: como planejar as refeições da semana?

Para as pessoas que não trabalham no domingo, esse é um bom dia para tentar montar seu cardápio semanal aproveitando, da melhor forma possível, o tradicional dia de descanso. 

Mas se a pessoa não tem o domingo disponível para isso, então deve escolher algum momento das suas horas de folga para essa tarefa.

A conta é simples: dedicar algum tempo a esse planejamento e, às compras, vai poupar muitas horas de desgaste, de forma proporcional, ao longo da semana, já que o cardápio estará todo elaborado e os itens estão disponíveis.

Como montar o seu menu em casa

Calcule quantas refeições você faz em casa, entre café da manhã, almoço e jantar e não esqueça de incluir itens para o lanche. Considere o número de pessoas e pense nos pratos que a maioria aprova, caso contrário, você pode acabar fazendo um cardápio individual para membro da família!

Com essas informações em mãos, faça uma lista de compras separada por seções: hortifruti; mercearia; matinais; hortifruti; proteínas etc. 

Para aqueles que não dispõem de muito tempo, nossa loja disponibiliza em pouco tempo, na sua casa, todos os itens frescos e de alta qualidade.

O mais importante é que, se você vai iniciar essa jornada, descubra o que te dá prazer. Alimentos saudáveis podem ser muito saborosos quando preparados de maneira diferente e correta.

É importante ressaltar que, sempre que possível, um especialista da área, ou seja, um nutricionista, deve ser procurado para passar maiores orientações.

Cardápio semanal saudável: o que não pode faltar?

É consenso entre os especialistas da área que uma boa salada como entrada no almoço ou no jantar cai muito bem e é uma delícia!

Recomenda-se que ela tenha folhas como: alface, escarola, rúcula, agrião, entre outros. De um toque especial incluindo cenoura, pepino, cogumelo, castanha, salsão picadinho,  etc.

Enfim, há muitas combinações que podem valorizar a beleza da sua salada e seu valor nutricional. Para os fitness, uma proteína bem preparada e uma salada completa como essa, vale um belo jantar!

Aos que gostam de ter, como entrada, algumas frutas, sinal verde, podem ir em frente! 

O prato principal deve ter alguma proteína: ovo, frango, peixe ou carne. Essa deve variar, principalmente o seu tipo de corte.

Os acompanhamentos desta proteína podem ser escolhidos entre arroz, feijão, batata, mandioquinha, cevadinha, batata doce, entre outros. Também vale a pena apostar em uma verdura ou legume cozido, refogado, no vapor, ou mesmo assado.

O mais importante é que deve existir um equilíbrio no consumo dos alimentos e, consequentemente, do valor nutricional. Para uma boa dieta não se aconselha a repetição dos alimentos no mesmo dia. 

Devemos, sobretudo, tentar manter uma certa harmonia entre cores, sabores e textura dos integrantes do nosso cardápio.