Publicado há 8 meses

Qual é a causa da retenção de líquido e o que fazer para evitar?

COMPARTILHE

A retenção de líquidos é o nome popular para o edema, um inchaçocausado pelo acúmulo de líquidos entre tecidos e cavidades que compõem o organismo. O edema pode atingir todo o corpo ou parte dele. Mas qual é a causa da retenção de líquido e o que fazer para evitar?

Nós somos feitos basicamente por água, nada menos que 70% do total do nosso peso e volume! Essa água circula por todo o nosso corpo através do sangue, dentro das artérias, das veias, no sistema linfático. Além disso, as células também são compostas basicamente por água.

Nossos vasos sanguíneos são porosos e permitem a entrada e saída de água e outros elementos como bactérias e proteínas. Quando ocorre um extravasamento desse líquido, a água se deposita em uma rede de cavidade subcutânea chamada interstício.

Essa rede de cavidades que fica sob a pele e recobre muitos outros órgãos é basicamente constituída de água e quando estamos inchados, o que realmente está inchado é o interstício.

Por uma série de motivos, ele pode ficar cheio do líquido que, como em um processo de osmose, se inunda da água liberada pelas células e pelos vasos sanguíneos.

Isso indica que esse mecanismo complexo de regulação dos líquidos dentro do corpo, do qual fazem parte o coração, os rins, o fígado, os vasos do sistema circulatório, o sistema de defesa linfático, de alguma forma está alterado e por isso o líquido extravasa, causando o inchaço.

O que faz o corpo reter líquido?

O que pode causar esse extravasamento do líquido dos vasos para os tecidos?

Uma causa importante é a insuficiência cardíaca. O coração perde a capacidade de bombear o sangue de forma eficiente e como consequência, pode ocorrer acúmulo de líquido em diferentes partes do corpo.

Você deve suspeitar de insuficiência cardíaca se começar a ter inchaço nos pés e pernas que pioram com o passar do dia e dificilmente melhoram. Quanto mais tempo a pessoa fica de pé ou sentada, mais aumenta o inchaço pela concentração de líquido.

Outro fator ligado ao coração é o aumento da pressão arterial. Devido à dificuldade de bombeamento de sangue, atrapalhando o seu retorno para o coração, ocorre um acúmulo de líquidos que causa inchaço nas pernas, pés, mãos, braços ou abdômen, por exemplo.

Também pode causar inchaço no corpo, a insuficiência renal. Os rins são o filtro do nosso sangue. Todo o sangue é filtrado ali, retirando as impurezas e o excesso de líquidos e sais. Se isso não está funcionando, o resultado é o inchaço muitas vezes pelo corpo todo.

Problemas no fígado também podem ser uma das causas da retenção de líquido, principalmente pela falta de proteína. A albumina é uma das enzimas principais do nosso corpo e é produzida pelo fígado. Se o fígado não está normal, ele “fabrica” pouca albumina, levando ao inchaço, principalmente na barriga.

Outras causas ligadas a retenção de líquido

Uma outra possibilidade é a ingestão excessiva de sal ou sódio nos alimentos. A alimentação rica em sal pode causar retenção de líquido no corpo e isto ocorre porque o sal contém muito sódio que retém água e, por isso, em grandes quantidades, aumenta a retenção de líquidos.

Pessoas saudáveis levam de um a dois dias para eliminar o sal através da urina. Em pessoas com hipertensão, o processo demora de cinco a sete dias.

Uma causa preocupante, já que pode ocasionar o inchaço no corpo, a pressão alta associada ao aumento do risco de infarto e AVC e pedras nos rins. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), nós brasileiros consumimos o dobro da quantidade recomendada, ou seja, em média 10 gramas de sal por dia!

A retenção de líquidos é comum nas mulheres e contribui para a barriga inchada e a celulite. As alterações hormonais, como no caso da progesterona, são importantes no assunto retenção de líquidos.

Há picos de progesterona antes da menstruação e esse hormônio aumenta exponencialmente ao longo de toda a gravidez. Por isso, há o inchaço, especialmente em mulheres mais suscetíveis.

Outros hormônios, quando produzidos em excesso, contribuem para a retenção de líquidos são o cortisol, a renina, e a aldosterona e o antidiurético (ADH). Medicamentos como a cortisona também podem causar inchaço.

Também é causa da retenção de líquido, ficar muito tempo parado na mesma posição, sentado ou de pé e não praticar nenhuma atividade física. Isso faz com que o sangue coagule e para ele voltar dos pés para o coração, é preciso se movimentar. 

Qual é o problema de ter o inchaço?

Isso depende do local. Em casos mais graves, por exemplo, nas pernas pode ocasionar dificuldade para caminhar, dor, sensação de peso, má circulação, a pele pode ficar esticada e originar pequenas fissuras. Essas fissuras contribuem para risco de infecção, úlceras de pele e outros problemas.

Porém o mais importante é que a retenção de líquido é a consequência de algum problema e não o problema em si.

Muitas vezes para diminuir o inchaço, que pode ser confundido com aumento de peso e gordura, as pessoas se automedicam ou procuram fórmulas milagrosas sem orientação adequada, apenas ouvindo indicações de amigos. 

Por isso, antes de tomar qualquer remédio, você deve saber o que você tem. Procure um médico para identificar o seu diagnóstico e iniciar o tratamento correto.

Um simples teste pode mostrar se você engordou ou está retendo líquido: aperte a pele por dois segundos e observe, se a marca do dedo ficar por três segundos ou mais, você está com líquido retido. Se isso não acontecer, existe aumento de gordura.

O que fazer para evitar a retenção de líquido?

Para evitar ou em alguns casos até acabar com a retenção de líquido você precisa beber muita água. Na maior parte dos casos a retenção de líquido não acontece por algum problema de saúde como a insuficiência cardíaca ou renal e sim, porque você não bebe água suficiente.

Por isso, o corpo retém toda água possível e garante que, pelo menos, você não vai ficar desidratado. A água tem um efeito diurético muito potente! É importante beber bastante água de acordo com o seu peso, além de sucos naturais ou chás durante o dia.

Coma alimentos diuréticos como laranja, pimentão, maçã verde, cebola, tomate, limão, abacaxi e alimentos ricos em potássio, como batata, feijões, abóbora, abacate, banana, mamão e damascos secos.

Aliás, muitos chás têm efeito diurético e nenhuma contraindicação para pessoas saudáveis, especialmente boldo, hibisco e verde. Eles ajudam na diminuição da retenção de líquido.

Praticar exercícios é uma excelente decisão para qualquer questão ligada a saúde e bem-estar! Também é uma excelente maneira de eliminar a retenção de líquido de forma rápida, natural e perder medidas.

A contração provocada nos exercícios força o excesso de líquidos a ser eliminado através da urina. Por isso, é tão comum sentir vontade de ir ao banheiro ao terminar a atividade física.

Use o sal com prudência. Tente realçar os temperos com ervas frescas aromáticas como a salsinha, o coentro, o manjericão. O Supermercado Justo te oferece uma grande variedade de ervas e temperos para você criar pratos maravilhosos de forma mais saudável e até mais saborosa!