Publicado há 9 meses

Conheça os tipos de tomate, o maior coringa da cozinha

COMPARTILHE

Um dos ingredientes mais básicos e um dos maiores coringas da cozinha. São muitos tipos diferentes e, por isso, muitas vezes é difícil saber qual o tomate ideal e que vai bem de acordo com o prato que estamos preparando.

Além de serem bastante versáteis, os tomates são deliciosos e trazem inúmeros benefícios para a saúde, incluindo a prevenção ao câncer!

Apesar de ser conhecido popularmente como um legume, o tomate é um fruto do tomateiro, da família das berinjelas, pimentões e pimentas.

Sua bela coloração avermelhada se dá por conta do licopeno, um potente antioxidante que ajuda a proteger as células do nosso organismo, diminuindo o seu envelhecimento, e agindo contra os efeitos dos radicais livres, tão nocivos a nossa saúde.

Esse maravilhoso ingrediente chave na cozinha, pode ser consumido de várias formas, desde pratos principais, entradas, sucos, purês, molhos, caldos e até sobremesas!

O Supermercado Justo assegura que, seja qual for a sua escolha dos tipos de tomate, eles chegarão em sua casa totalmente frescos e com alta qualidade!

Receita de Bruschetta com Tomate e Manjericão

Benefícios do tomate para a saúde

Os tomates são frutos com inúmeras vantagens para a nossa saúde! Estudos mostram que uma dieta rica em tomates e seus derivados, diminui o risco de doenças crônicas como o câncer e doenças cardiovasculares.

É justamente o seu poder antioxidante por conta do licopeno, que protege as células do efeito dos radicais livres, principalmente as células que compõem a próstata.

Também sua elevada composição em antioxidantes, ajuda a manter os vasos sanguíneos saudáveis e têm fibras que ajudam a diminuir os níveis de colesterol ruim, conhecido por LDL. 

Além de seu poder antioxidante, ele é rico em vitaminas A, B e C e minerais importantes como o fósforo, cálcio e magnésio, que auxiliam na proteção ao sistema imunológico.

Também é abundante em carotenóides, que no organismo se transforma em vitamina A. Por isso, o consumo de tomate ajuda a manter a saúde da visão, da pele e dos cabelos.

Por causa do seu alto índice de potássio, o tomate ajuda a controlar a pressão arterial e, associado a isso, é também diurético por conter muita água.

Os tomates mais maduros têm sempre maior concentração dos nutrientes. O melhor modo de se consumir o tomate é em forma de molhos ou concentrados.

Ao serem cozidos, suas paredes celulares são quebradas, tornando a absorção do licopeno ainda melhor do que em tomates frescos e mais verdes.

As diferenças entre os tipos de tomate e como usá-los

Para aproveitar ao máximo as vantagens e o sabor desta maravilhosa fruta, é preciso conhecer as diferenças entre cada tipo de tomate e como usá-los.

Alguns tomates são melhores para fazer molhos, outros são perfeitos para saladas, alguns são especiais para canapés. Assim, confira as principais variedades de tomate e o tipo de prato mais indicado para cada um deles:

1. Tomate Carmem

São muito comuns na mesa do brasileiro, muito fáceis de encontrar e tem uma duração maior. São mais indicados para saladas por serem muito aguados e terem sabor mais sutil, pelo mesmo motivo, não são os melhores para molhos. 

2. Tomate Italiano

São mais alongados e os melhores para fazer molho. São os tomates usados para fazer os famosos enlatados: “tomate pelado ou pelati”, pois têm cor vermelha forte, menos sementes, são mais doces, carnudos e firmes. A inconveniência é que ele é muito sensível e não dura muito tempo.

3. Tomate caqui

Esse tomate pode chegar a pesar meio quilo! Tem sabor equilibrado e não é muito adocicado. É o ideal para saladas, vinagrete e sanduíches. 

4. Tomate Cereja

Muito charmoso e extremamente saboroso! O mini tomate é muito adocicado, bem suculento e refrescante. É ideal para decorar saladas, fazer canapés, espetinhos e até simular flores com ele.

5. Tomate Holandês

Também é muito usado na decoração por ser comercializado ainda nos ramos. Tem sabor bastante adocicado e pouca acidez. Por isso, é indicado para saladas, molhos e pratos quentes, como risotos.

6. Sweet Grapes

Uma mistura de uva com um tomate italiano em miniatura. O Sweet Grapes tem esse nome por conta do seu formato e doçura. Como tem sabor bastante marcante, ficam ótimos em uma bela tábua de frios, com azeite e ervas.

Tomate Débora, o coringa!

Eles são um coringa em se tratando dos tomates! São ótimos para fazer, desde molhos até saladas por serem menos ácidos e um sabor não tão doce. Tem menos sementes que o Carmem, mas tem muita água. Por isso, para saladas, é bom deixar escorrer um pouquinho do seu líquido, que pode ser aproveitado no molho.